Município de Ponte de Lima investe 609 mil euros no combate ao insucesso escolar

O projeto Schooll4All – Ponte de Lima promovido pelo Município de Ponte de Lima em parceria com os Agrupamentos de Escolas de Arcozelo, António Feijó, Freixo e Ponte de Lima, tem por objetivo contribuir para prosseguir as principais metas definidas na Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial “Alto Minho 2020” no domínio do combate à retenção e ao abandono escolar, evoluindo positivamente na taxa de retenção e abandono através de um conjunto de ações centradas prioritariamente na comunidade, promovendo o indispensável envolvimento familiar no contexto escolar e a parceria da comunidade no seu todo como agente ativo e comprometido na promoção do sucesso escolar.

Neste contexto foi constituída uma parceria entre o Município e os 4 Agrupamentos de Escolas do Concelho, tendo sido manifestado interesse e disponibilidade de colaboração de um conjunto entidades e instituições cujo papel será extremamente importante no alcance daqueles objetivos, nomeadamente da Escola Profissional de Ponte de Lima e a EPRALIMA – Escola Profissional do Alto Minho, da Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Ponte de Lima, da Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Lima, da Academia de Futebol de Ponte de Lima, da Associação Desportiva “Os Limianos”, do Clube Náutico de Ponte de Lima, da Academia de Música Fernandes Fão – Ponte de Lima e o do Centro Equestre de Ponte de Lima.

O projeto, com a duração de 36 meses e com um investimento na ordem dos 609 mil euros, irá arrancar já no presente ano letivo e contempla, de uma forma resumida, as seguintes ações:

A primeira ação consiste na criação de uma equipa multidisciplinar para atuar no espaço escolar, familiar e/ou de acolhimento, fará uma avaliação das crianças em risco, com necessidades educativas especiais e/ou sem aproveitamento escolar, para em conjunto com a escola, as famílias ou entidades de acolhimento, definir um plano de intervenção personalizado de integração, motivação e aquisição de novas aprendizagens. Esta equipa multidisciplinar implica neste caso a integração de 4 técnicos contratados pelo Município nas áreas da Psicopedagogia, Serviço Social, Educação/Animador (componente Cientifica e Tecnológica) e Psicomotricidade e Terapia da Fala, que irão trabalhar em estreita colaboração com a Escola (Agrupamentos) e equipas de apoio e ação social já existentes.

A implementação do plano de intervenção personalizado, mediante cada um dos casos e juntamente com as entidades parceiras, irá envolver ações como desporto, música, cultura, integração em atividades associativas, integração em programas/unidades de multideficiência, programa de férias adaptadas, hipoterapia, entre outros que possam posteriormente identificar e adequar.

A segunda ação passa pela criação de uma rede de Espaços de Aprendizagem Personalizada, uma por Agrupamento de Escolas, inovadores com acesso a aplicações e recursos educativos e a conteúdos tecnológicos, aliando a área das ciências e das novas tecnologias vocacionadas para o 2.º e 3.º Ciclos. O ensino das ciências, com incidência na experimentação e ligação com espaços de proteção da natureza, já é desenvolvido de forma consistente pelo Município de Ponte de Lima, com incidência na Educação Pré-escolar e no 1.º ciclo do Ensino Básico, através do projeto “Ciência Divertida”. Apresenta-se assim um projeto que ostenta a mesma estrutura, mas organizado e desenvolvido com novas metodologias e recursos, direcionado para 2.º e 3.º ciclo do ensino básico. O Espaço de Aprendizagem Personalizada é a base a partir da qual os alunos podem Investigar, Interagir, Criar, Desenvolver, Partilhar e Apresentar, potenciando as aprendizagens com outros recursos já existentes como a Biblioteca Escolar, a Sala de Ciência Divertida e o FabLab Freixo. Esta ação abre a possibilidade da participação e intercâmbio com outras escolas e instituições, de dentro e fora do concelho, promovendo a participação das famílias e dos diferentes agentes educativos, em sessões específicas organizadas para estes grupos.

A terceira ação consiste na criação do Laboratório de Línguas: espaço complementar de aprendizagem em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima enquanto espaço destinado à aprendizagem de línguas. A criação deste espaço destinado à aprendizagem de línguas, fisicamente localizado na Escola Secundária de Ponte de Lima, permitirá aos estudantes o desenvolvimento de competências de comunicação de forma mais dinâmica e motivadora, removendo bloqueios ao uso do discurso escrito e oral, prevenindo, desta forma, o insucesso escolar na língua materna e nas línguas estrangeiras. O projeto destina-se aos alunos do 3.º ciclo do ensino básico, secundário e profissional dos diferentes Agrupamentos e Escolas Profissionais do concelho, bem como aos cidadãos que queiram ganhar novas competências.